Certificado digital, o que é para que serve?

Você sabe para que serve e o que é um certificado digital?

Podemos definir que o certificado digital é a identidade eletrônica de um indivíduo ou de uma empresa. Pode ser utilizado como carteira de identidade virtual, permitindo assim assinar documentos à distância com o mesmo valor que um documento jurídico das assinaturas manuscritas em papel, mas sem a necessidade de reconhecimento de firma.

Os certificados digitais são documentos usados ​​como sendo assinaturas digitais para pessoas tanto físicas quanto para pessoas jurídicas. Com esse tipo de autenticação, as empresas podem realizar diversas transações fiscais obrigatórias, como, por exemplo, garantir a autenticidade de documentos, como nota fiscal eletrônica, de forma que seja mais prática.

Um certificado digital é uma autenticidade eletrônica usada com o objetivo de assinar documentos em qualquer lugar. Tem força legal e equivale a CPF e CNPJ.

Se você trabalha como empreendedor, você precisa compreender como funcionam os certificados digitais, pois, com a autenticação, a sua empresa poderá realizar diversas transações fiscais obrigatórias.

Neste artigo, queremos lhe apresentar todos os detalhes que você deve compreender sobre este modelo de documento antes de comprar. Dentro da internet você vai poder achar diversos infográficos como guia para certificados digitais, eles tendem a facilitar o entendimento de eventuais consultas de acompanhamento.

O que é um certificado digital?

Podemos definir que o certificado digital é uma assinatura eletrônica que visa conter todos os dados de seu titular, seja uma pessoa física ou uma pessoa jurídica. A tecnologia usa uma chave de criptografia em um arquivo digital ou token com o objetivo de gerar a identidade única e segura, nele vai conter todos os seus dados, sua escolaridade e os seus Cursos para horas complementares.

O certificado digital funciona como sendo uma identidade virtual que visa permitir a identificação segura da pessoa no momento da transação realizada em meio eletrônico. Normalmente, esse documento digital é usado para certificar informações sobre transações fiscais, como faturamento e contratos.

Por meio dos certificados digitais, diversas empresas tendem a acompanhar o governo. Afinal, com ele, você pode realizar diversas transações fiscais, como, por exemplo: declarações e certidões que precisam ser feitas na Receita Federal.

A anatomia de um certificado digital inclui:

• informações pessoais ou da empresa;

• a chave pública que será associada ao CPF ou CNPJ da pessoa que fez o cadastrado;

• Assinatura digital da empresa como autoridade certificadora confiável;

Quais são as vantagens dos certificados digitais?

Além de ser uma identidade corporativa, um certificado digital carrega uma assinatura legal e financeiramente válida.

Assim, por exemplo, o documento pode ser usado para verificar informações em documentos fiscais. Isso visa evitar todas as informações inadequadas e facilita a fiscalização pelo fisco.

O melhor de tudo é que, por serem emitidas por uma autoridade de certificação confiável, as assinaturas com certificados digitais são juridicamente vinculativas.

Hoje em dia, é muito comum que diversos documentos de empresas públicas e privadas sejam assinados de forma eletrônica com o objetivo de economizar tempo e não passar por determinadas questões burocráticas.

Como você pode ver até agora, são muitos os recursos do uso de certificados digitais. Entre as vantagens de usar certificados digitais, você pode:

• A segurança das assinaturas digitais que têm o mesmo valor jurídico das assinaturas manuscritas;

• As assinaturas digitais ajudam a economizar recursos e são sustentáveis, pois não há necessidade de autenticar assinaturas;

• A sustentabilidade também é um ponto que devemos sempre destacar quando acontece a emissão dos certificados digitais. Use-o para emitir faturas eletrônicas, por exemplo, para economizar papel;

• Praticidade e comodidade: Assinar documentos digitalmente mantém as atividades contábeis do seu negócio funcionando sem problemas.

Isso quer dizer, os certificados digitais proporcionam uma maior segurança, diminui uma grande parcela dos custos e tem grande utilidade em diversos processos que são feitos de forma burocrática.

Trazendo assim diversos benefícios para a empresa quanto para a segurança da informação.

O que pode garantir a autenticidade de um certificado digital?

A primeira coisa que você precisa saber é que certificados digitais só podem ser emitidos por autoridades certificadoras autorizadas pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação.

Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil é uma autoridade capaz de emitir certificados digitais para identidades virtuais de cidadãos e empresas.

É essa estrutura que nos dirá quais entidades certificadoras podem emitir certificados digitais, como a empresa parceira da Bling: Certisign.

Os Principais Tipos de Certificado Digital

e-CPF

O e-CPF é para uso pessoal, mas os empreendedores podem utilizá-lo como assinatura digital para documentos, como representante legal de determinado negócio. Não é utilizado para emissão de NF-e. Normalmente, o e-CPF é usado para fornecer demonstrações de lucros e perdas, formular contratos de câmbio e certificar contratos bancários.

e-CNPJ

O e-CNPJ é indicado para empresas, plataformas de Cursos Online, corporações e instituições. Com ele, é possível realizar as assinaturas digitais, transmitir dados de operações de pessoas jurídicas e prestar as devidas declarações, garantindo assim a autenticidade de todas as informações.

NF-e

Embora os empresários possam emitir faturas pelo e-CNPJ, esse certificado é indicado para quem tem funcionários para que possam emitir faturas sem medo de usar o certificado digital para tarefas ilegais ou uso não autorizado.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.