Itaú Cultural inicia programação educativa presencial em 2022 com Laboratório de Criação inspirado em TUNGA: Conjunções Magnéticas

Na atividade, voltada para adultos e crianças e conduzida pela arte-educadora Carolina Velásquez, os participantes são convidados a criar, a partir de materiais diversos, texturas, cores, cheiros e sensações térmicas, uma escultura, com a qual serão instruídos a se relacionar através da dança e do movimento

A programação educativa presencial do Itaú Cultural de 2022 terá início com o Laboratório de Criação, inspirado na exposição TUNGA: Conjunções Magnéticas. Comandado pela arte-educadora Carolina Velásquez, a atividade acontece nos domingos de janeiro, dias 9, 16, 23 e 30, sempre com início às 14h, duração de 90 minutos aproximadamente e interpretação em Libras. As inscrições, para as 20 vagas disponíveis, devem ser feitas através do site do Itaú Cultural a partir do dia 1 de janeiro.

Nesta oficina de experimentação artística, os participantes são convidados a criarem um objeto ou escultura utilizando materiais diversos, explorando texturas, cores, cheiros e sensações térmicas, buscando ao fim uma maneira de se relacionar com a obra através da dança e do movimento.

A vivência, programada para acontecer no terceiro andar da organização, pode ser compartilhada por adultos e crianças. Durante a oficina serão realizados registros fotográficos para serem observadas pelo grupo no final da atividade. Após seu término, elas serão excluídas.

Carolina Velásquez é bacharel em artes pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). Pós-graduada em Práticas Artísticas Contemporâneas, na Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) e Mestre em Processos da Arte, também pela Unesp. Sua produção artística tem como estrutura a ancestralidade, por meio da recriação de performances rituais com base em celebrações de povos originários.

Tunga: Conjunções magnéticas

A exposição, em cartaz em três andares da organização até dia 10 de abril, é composta por cerca de 300 obras bidimensionais e tridimensionais, entre trabalhos produzidos desde o início de sua carreira, quando ele tinha 18 anos, até as suas últimas criações, em 2015, e itens de seu ateliê. São desenhos – os quais permeiam seu trabalho em toda a carreira –, esculturas, objetos, instalações, vídeos, performances, cadernos de artista, esboços e materiais que ele utilizava.

Esta mostra se estende para o Instituto Tomie Ohtake, situado no bairro de Pinheiros, onde o público aprecia Gravitação Magnética. Composta por aproximadamente 300 quilômetros de fios de metal – se fossem estendidos em uma linha só –, a obra participou da 19ª Bienal de São Paulo em 1987 e nunca foi remontada. Além de desenhos que acompanham o trabalho e uma maquete, ali também estará exposta ÃO, atualmente podendo ser visitada apenas no Instituto Inhotim.

Mais informações em: https://www.itaucultural.org.br/presskit/mostra-tunga-conjuncoes-magneticas/

SERVIÇO:

Laboratório de Criação – com Carolina Velásquez

Dias 9, 16, 23 e 30 de janeiro, às 14h

Inscrições: a partir de 1 de janeiro, em: www.itaucultural.org.br

Classificação: livre

Duração: 90 minutos

Local: atividade presencial, realizada no terceiro andar do Itaú Cultural

Itaú Cultural

www.itaucultural.org.br

www.twitter.com/itaucultural
www.facebook.com/itaucultural

www.youtube.com/itaucultural

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.